Estratégia social media : um guia em 10 passos

Hoje em dia, as redes sociais tornaram-se um pilar central da comunicação e do marketing, razão pela qual uma estratégia social media  é uma obrigação.

Para empresas de todas as dimensões, ter uma estratégia é essencial se quiser estabelecer uma forte presença online, envolver o seu público-alvo e atingir os seus objectivos. 🎯

Sem mais demoras, explicamos tudo! 👀

O que é uma estratégia social media ?

Uma estratégia de redes sociais é um plano de ação concebido para gerir e otimizar a presença de uma marca ou empresa nas plataformas de redes sociais. 👀

Envolve a criação, publicação e promoção de conteúdos de acordo com o seu público-alvo, bem como a interação e o envolvimento com esse público. 💬

  • 🟣 Rapidamente, aqui está uma pequena lista de objectivos que pode ter em vista:
  • 🔵 Aumento do conhecimento da marca.
  • Geração de contactos.
  • 🔵 Melhoria do envolvimento do cliente.
  • 🟣 Apoio ao cliente.
  • 🔵 Conversão de vendas.
  • 🟣 Escuta social.

Esta lista é apenas um exemplo, por isso, sinta-se à vontade para a adaptar às necessidades específicas da sua empresa. 🫶🏼

Porquê definir uma estratégia para as redes sociais?

Se está a pensar nisso, é porque ainda não compreendeu os benefícios de uma estratégia de redes sociais. 🤔

É tudo uma questão de visibilidade, envolvimento e experiência do cliente e desenvolvimento do negócio. Deixem-me explicar: ⬇️

  • 1️⃣ Aumento da visibilidade da marca: oferece uma enorme montra para as marcas, atingindo milhões de utilizadores em todo o mundo.
  • 2️⃣ Maior envolvimento: facilitar a interação direta e pessoal com clientes e potenciais clientes.
  • 3️⃣ Gerar tráfego para o sítio Web: publicar conteúdos que incluam ligações para o sítio Web da empresa.
  • 4️⃣ Compreender e ouvir o mercado: uma fonte rica de informações sobre o comportamento, as preferências e as necessidades dos consumidores.
  • 5️⃣ Gestão da reputação em linha: monitorizar e responder ativamente às reacções positivas e negativas dos clientes.
  • 6️⃣ Rentável: plataforma de baixo custo para atingir um vasto público.
  • 7️⃣ Inteligência competitiva: monitorizar as actividades dos concorrentes e ajustar a estratégia.

Para cada um dos pontos acima, segue-se um exemplo para ilustrar o que queremos dizer:

Motivo Exemplo
Aumento da visibilidade da marca Uma campanha de hashtag personalizada para promover um novo produto no Instagram, alcançando um público global.
Reforçar o empenhamento Concursos no Facebook que incentivam os utilizadores a partilharem a sua experiência com o produto para ganharem prémios.
Gerar tráfego para o seu sítio Web Publicação de blogues no LinkedIn com ligações para o sítio Web da empresa para uma discussão mais aprofundada dos temas abordados.
Compreender e ouvir o mercado Utilizar o Twitter para recolher as opiniões dos clientes sobre um serviço, utilizando ferramentas de análise de sentimentos.
Gestão da reputação online Monitorizar as menções à marca nas redes sociais e responder rapidamente às preocupações dos clientes para manter uma imagem positiva.
Relação custo-eficácia Lançamento de campanhas publicitárias específicas no Facebook com um orçamento limitado, medindo o envolvimento e o aumento do tráfego na Web.
Inteligência competitiva Analisar as publicações e campanhas nas redes sociais dos concorrentes para identificar tendências e ajustar a sua própria estratégia.

Conquiste seus primeiros clientes esta semana

Aproveite o poder do Waalaxy para gerar leads todos os dias. Comece a prospectar gratuitamente hoje mesmo.

waalaxy dashboard

Como criar uma estratégia para as redes sociais em 10 passos ?

Agora que já sabe porque é que é importante ter uma estratégia para as redes sociais, deve estar a perguntar-se, ok mas, como é que se faz? 🤔

Bem, é aí que eu entro, com um guia de 10 passos fácil de entender! Tome nota, vai ser o máximo! 💪🏼

1) Analisar a situação atual

Para lançar uma estratégia de redes sociais digna desse nome, é crucial começar com um bom e velho exame de consciência, mas para a sua marca! 👀
De facto, analisar a situação atual é um pouco como fazer um check-up antes de fazer uma viagem de carro, verificando o estado do motor e os níveis de óleo. 🚙
Só que aqui, o nível do óleo é o seu produto ou serviço e o motor é o seu mercado atual e os seus concorrentes. 😇

Está bem, mas como é que o faço? 🤔

Comece por olhar para o seu produto ou serviço e pergunte a si mesmo se o seu produto está a corresponder às suas expectativas, se os seus clientes ainda estão satisfeitos. 💟

Em seguida, veja o que os seus concorrentes estão a fazer nas redes sociais e analise a sua estratégia de redes sociais. 🧐

É aí que entra o método SWOT ! Analise os seus pontos fortes, pontos fracos, oportunidades e ameaças em forma de tabela.

Isto dar-lhe-á uma visão geral da sua marca, produto ou serviço. ✈️

2) Definição de objectivos

Agora é altura de definir objectivos para a sua estratégia de redes sociais. 🤩

No domínio encantador das redes sociais, os objectivos dividem-se em 3 categorias:

  • Conhecimento da marca: fazer com que mais pessoas conheçam a sua marca, um pouco como fazer da sua empresa a estrela da festa.
  • 👑 Envolvimento: incentivar o seu público a interagir com o seu conteúdo.
  • 👑 Conversão: transformar o interesse em acções, sejam elas vendas, registos ou downloads.

Mas isso não é tudo! Para que estes objectivos não sejam apenas sonhos, pode aplicar o método SMART.

Faz jus ao seu nome, e eu digo-lhe porquê: 👇🏼

  • Específico (ser exato).

“Aumentar o conhecimento da marca” é um bom começo, mas “aumentar o conhecimento da marca em 25% entre os jovens de 18-25 anos no Instagram” é um verdadeiro objetivo.

  • Mensurável (o objetivo deve ser quantificável).

“Ter mais seguidores” é vago, mas “Conseguir 1.000 novos seguidores” é um número mensurável e quantificável.

  • Realizável (ser realista).

Pretender obter um milhão de novos seguidores num mês sem orçamento é como esperar ganhar a lotaria sem comprar um bilhete.

  • Realista (exequível com os recursos disponíveis).

Se o seu orçamento de marketing está mais próximo do de uma banca de limonada, não planeie uma campanha digna do último filme da Marvel.

  • Definido no tempo (estabelecer um prazo).

“Aumentar as vendas através das redes sociais” é um objetivo sem prazo, mas “Aumentar as vendas em 20% através das redes sociais em 6 meses” tem um fim, como o seu conto de fadas favorito.

3) Defina o seu público-alvo

Definir o seu público-alvo é escolher os companheiros de viagem que tornarão a aventura não só possível, mas também memorável. 🥰

De facto, conhecer o seu público é essencial para garantir que a mensagem chega àqueles que mais vão gostar do seu produto ou serviço. 💟

Para o fazer, faça a si próprio as seguintes perguntas e siga estes passos:

  • 1️⃣ Quem são eles?

São jovens profissionais viciados nos seus smartphones, pais à procura de conselhos práticos ou estudantes com uma inclinação para o desenvolvimento sustentável? Todos os pormenores contam.

  • 2️⃣ O que é que eles querem?

Identifique 🔎 as suas necessidades, desejos e pontos fracos. Compreender as suas motivações permitir-lhe-á criar conteúdo que realmente ressoe com eles.

  • 3️⃣ Onde é que eles se encontram?

Em que plataformas sociais passam a maior parte do tempo? Uma presença no TikTok pode ser uma obrigação se estiver a visar a Geração Z, enquanto o LinkedIn será mais apropriado para um público profissional.

  • 4️⃣ Como é que eles gostam de consumir conteúdos?

Preferem vídeos curtos e incisivos, artigos pormenorizados ou infografias informativas?

Ao colocar a si próprio todas estas questões, conseguirá afinar a sua estratégia para que esta se adapte às pessoas certas, no momento certo e da forma certa. 😇

4) Defina os seus canais de comunicação

Este passo é essencial para construir a sua presença nas redes sociais, tal como escolher o terreno certo para construir a sua casa. 🏡

Nada deve ser deixado ao acaso, pois cada rede social tem as suas próprias características, público e tipo de conteúdo.

Deixe-nos fazer 🥗 o trabalho por si com uma lista das diferentes redes sociais:

  • 💙 Facebook: Uma plataforma multifacetada, ideal para alcançar um vasto público através de posts, vídeos e grupos.
  • 💜 Instagram: Perfeito para comunicação visual com fotos, histórias e vídeos curtos para cativar um público mais jovem.
  • 🕊️ Twitter: Ideal para actualizações rápidas, discussões em tempo real e envolvimento direto com os seguidores.
  • 🩵 LinkedIn: A rede profissional por excelência para partilhar conteúdos de valor acrescentado, estabelecer relações comerciais e publicar ofertas de emprego.
  • 🤍 Pinterest: Um canal de inspiração através de imagens e ideias, particularmente eficaz para tráfego web e comércio eletrónico.
  • ❤️ YouTube: A plataforma de eleição para partilhar vídeos de longa duração, tutoriais e vlogs

Em seguida, escolha a(s) sua(s) rede(s) social(ais) com base no tipo de conteúdo que consegue produzir regularmente. Por exemplo, se se sente mais à vontade a criar imagens cativantes, o Instagram e o Pinterest podem ser os seus melhores aliados.

Por outro lado, para conteúdos mais informativos, o Facebook ou o LinkedIn são mais adequados. 👀

No entanto, a chave 🔑 é não se espalhar demasiado. É melhor dominar alguns canais relevantes do que estar moderadamente presente em todo o lado.

5) Criar contas

A quinta etapa é a criação de contas. É um pouco como colocar a bandeira da sua marca num vasto território digital, reivindicando o seu espaço nas plataformas escolhidas! ⛳️

Há alguns pré-requisitos para isso (nada de grave, prometo 😇).

Em primeiro lugar, é necessário escolher o nome de utilizador certo. Tem de ser reconhecível, fácil de pesquisar e consistente em todas as plataformas, pois isso ajuda a construir uma imagem de marca forte e, assim, torna mais fácil para o seu público encontrá-lo. 🔍

Depois, utilize um endereço de correio eletrónico profissional, pois, para além de parecer mais profissional, ajudá-lo-á a gerir as suas contas de forma segura e organizada. 📖

Não se esqueça de preencher o seu perfil com uma descrição clara e concisa do que faz e de incluir palavras-chave relevantes para o seu SEO! (Psshiit, não se esqueça da fotografia de perfil profissional que corresponde à identidade visual da sua marca).

Por fim, se possível, faça com que as suas contas sejam oficialmente verificadas. Isso acrescenta um nível de credibilidade e confiança. 🫱🏽‍🫲🏼

6) Optimize os seus perfis

Otimizar os seus perfis nas redes sociais é um pouco como vestir o seu melhor fato para uma entrevista de emprego: é a primeira impressão que causa no seu público e quer que seja memorável pelas razões certas!

Seja no Instagram, no Facebook ou no LinkedIn, todos os pormenores contam.

No entanto, as estratégias não são as mesmas para as três redes sociais:

  • 💜 Instagram: certifique-se de que a sua biografia é concisa mas informativa, utilize palavras-chave relevantes, escolha uma fotografia de perfil de alta qualidade e utilize histórias de primeira página para destacar as suas melhores ofertas.
  • 💙 Facebook: a página de negocios deve comunicar claramente quem é e o que faz. A capa e a fotografia de perfil devem estar alinhadas com a identidade da sua marca. Uma pequena dica, não se esqueça de adicionar o horário de funcionamento, se tiver, e informações de contacto.
  • 💜 LinkedIn: o seu perfil deve realçar a sua experiência e credibilidade. Por isso, utilize uma linguagem profissional na sua descrição e certifique-se de que o seu historial profissional está atualizado.

Em qualquer caso, seja qual for a rede social que escolher, não se esqueça de adicionar um link para o seu sítio Web! 💡

7) Criar e publicar conteúdos (quem, o quê, como, onde, quando)

É aqui que a magia acontece. Poderá publicar muitas fotografias, textos e vídeos que terão um impacto real na sua comunidade atual e futura! 🤩

Mas, primeiro, faça a si próprio as seguintes perguntas:

  • 1️⃣ Quem? Identifique os criadores de conteúdos da sua equipa, caso existam. Esta é uma tarefa para o gestor da comunidade ou para um especialista em conteúdos? De qualquer forma, certifique-se de que o tom e a voz da marca são consistentes.
  • 2️⃣ O quê? Determine o tipo de conteúdo que vai ter impacto no seu público. Podem ser infografias educativas, tutoriais em vídeo, estudos de caso ou mesmo publicações de entretenimento (evite gatos a dançar).
  • 3️⃣ Como? Um conteúdo bem elaborado, original e cativante tem mais probabilidades de captar a atenção e incentivar a interação. Não se esqueça de incluir Call to action claras para orientar o seu público.
  • 4️⃣ Quando? Utilize a análise para determinar as melhores alturas para publicar, maximizando a sua visibilidade e envolvimento. Utilize um calendário de publicações para se manter organizado e manter uma presença regular nas redes sociais.

8) Definir um calendário de publicação – planejamento estratégico social media

Definir um calendário editorial é um pouco como navegar no oceano com um mapa e uma bússola, é muito mais prático! 🤩

Sem um calendário, é provável que se perca e se esqueça do que publicou há dois meses.

Eis o que tem de fazer:

  • Frequência ➡️ identifica o ritmo de publicação ideal que mantém a sua marca actualizada na mente do seu público.
  • Diversifique o seu conteúdo ➡️ deve refletir uma mistura equilibrada de tipos de conteúdo, desde artigos informativos a vídeos cativantes.
  • Eventos ➡️ Inclua no seu planeamento datas importantes para a sua marca e para o seu sector, como o lançamento de produtos, feriados ou eventos anuais do calendário de marketing, como o Natal, o Dia dos Namorados ou a Black Friday.

9) Avaliar o desempenho

É um pouco como fazer um exame de saúde à sua marca. É uma altura para perceber o que está a funcionar, o que não está e onde pode melhorar a sua abordagem.

Para o fazer, pode seguir este pequeno plano: 👇🏼

EtapaDescrição
Utilização de ferramentas de análiseUtilizar ferramentas específicas da plataforma (por exemplo, Facebook Insights, Instagram Analytics) para obter dados sobre o envolvimento, o alcance, etc.
Medição de KPIsDefina e acompanhe os principais indicadores de desempenho alinhados com os seus objectivos, como a taxa de envolvimento, o número de seguidores ou o tráfego Web gerado.
Análise do ROIAvaliar a eficácia dos esforços de marketing nas redes sociais em termos de custos e benefícios para compreender o retorno do investimento.
Ajustes baseados em dadosUtilize as informações recolhidas para efetuar ajustamentos estratégicos, quer em termos de tipo de conteúdo, quer de calendário de publicação ou outros aspectos.

10) Ajustar a sua estratégia

O passo final, mas essencial, é ajustar a sua estratégia. Porque sim, depois de ter implementado a sua estratégia, analisado os dados e medido o desempenho, é altura de afinar e otimizar. 💪🏼

Para o efeito, pode fazer o seguinte: 👇🏼

  • Escuta social: captar feedback, tendências e conversas em torno da sua marca.
  • Teste A/B: experimente diferentes tipos de conteúdo, horários de publicação e mensagens para ver o que funciona melhor.
  • Adaptar-se às tendências: manter-se a par das novas plataformas, funcionalidades e tendências de conteúdos.
  • Formação contínua: invista na formação contínua da sua equipa para se manter a par das estratégias mais recentes.

4 erros comuns a evitar

Evitar alguns erros comuns pode fazer a diferença entre uma estratégia que compensa 🍇 e uma que não dá em nada.

Aqui, só para os seus olhos, estão os 4 erros mais comuns!

1) Começar a criar conteúdos sem uma estratégia

Lançar uma campanha de conteúdos sem uma estratégia clara é como navegar sem uma bússola: não sabe se chegará ao seu destino 🤷🏼‍♀️.

Nunca é demais salientar que, antes de produzir conteúdos, é crucial definir os seus objectivos, conhecer o seu público e compreender como as suas mensagens se enquadram no customer journey. 💬

2) Não definir objectivos

Sem uma compreensão clara de quem pretende alcançar, as suas mensagens podem carecer de foco e relevância. 🥲

Para o fazer, não se esqueça de definir personas para o seu público, o que o pode ajudar a criar conteúdos cativantes. Como bónus adicional, permite-lhe otimizar as suas campanhas publicitárias ( como uma campanha de sms marketing ) para alcançar aqueles que têm maior probabilidade de estar interessados nos seus produtos ou serviços. 👀

3) Objectivos errados

Se definir objectivos que não estão alinhados com a sua marca, isso pode ter um impacto negativo nos seus resultados. 😭

De facto, os seus objectivos nas redes sociais têm de ser específicos, mensuráveis, realizáveis, relevantes e definidos no tempo (lembra-se do método SMART no início deste artigo?).

Quer se trate de aumentar a notoriedade da marca, de gerar oportunidades ou de melhorar o serviço ao cliente, cada objetivo tem de ser claramente definido. 👽

4) Atingir demasiadas pessoas

Ao tentar chegar a 🎯 todos, pode estar a reduzir a eficácia da sua comunicação.

Neste caso, adopte uma abordagem mais direccionada, visando segmentos específicos do seu público.

A nossa pequena dica? 🤔

Utilize dados demográficos e comportamentais para aperfeiçoar a sua segmentação de marketing e, assim, personalizar o seu conteúdo. 😇

Que tal uma recapitulação ? Social media strategy

Para concluir, gostaríamos de lembrar que é necessário evitar erros comuns, como a ausência de uma estratégia de conteúdos, a falta de definição de metas, a definição de objectivos inadequados, bem como uma segmentação excessiva. Ao fazê-lo, estará a criar as bases para uma presença online sólida e cativante. 💪🏼

Lembre-se de que uma estratégia de redes sociais bem-sucedida não se mede apenas pelo número de gostos ou seguidores, mas pela qualidade das interacções e pela relevância para o seu público-alvo. 💡

Perguntas mais frequentes – estratégia social media

Não se apresse, ainda temos alguns recursos para partilhar consigo. 😇

Como implementar uma estratégia de mídia social ?

A implementação de uma estratégia para as redes sociais começa com a compreensão do seu público e dos seus objectivos. Para o fazer, siga estes passos: 👇🏼

  • 1️⃣ Defina os seus objectivos (notoriedade da marca, envolvimento, tráfego Web ou conversões).
  • 2️⃣ Identifique o seu público-alvo (as suas preferências, as plataformas que mais frequentam).
  • 3️⃣ Criar conteúdo relevante, envolvente e autêntico.
  • 4️⃣ Utilizar dados e ferramentas analíticas para acompanhar o desempenho das publicações.
  • 5️⃣ Mantenha-se atualizado sobre as tendências das redes sociais.

Quais são as 3 redes sociais mais populares ?

As redes sociais mais utilizadas variam consoante a região e o grupo demográfico. No entanto, o Facebook, o YouTube e o Instagram estão no topo da lista. 🏅

Estas plataformas oferecem uma variedade de ferramentas para as marcas envolverem o seu público, desde o marketing de conteúdos a campanhas publicitárias direccionadas. 🎯

Quais são os 4 tipos de meios de comunicação?

Eis os 4 tipos de meios de comunicação:

  1. Meios de comunicação social pagos ➡️ espaço publicitário adquirido, como anúncios PPC, patrocínios e colocações de produtos.
  2. Meios próprios ➡️ canais de comunicação que controla diretamente, como o sítio Web, os blogues e as contas nas redes sociais.
  3. Meios de comunicação ganhos ➡️ reconhecimento orgânico, como menções na imprensa, críticas positivas e boca-a-boca.
  4. Meios partilhados ➡️ distribuição de conteúdos através das redes sociais, onde a partilha pelos utilizadores amplifica o seu alcance.

Agora já sabes tudo sobre estratégia social media! 🐉

Quer ir mais longe?

Atualmente, a sorteio do Facebook é uma ferramenta de marketing essencial, permitindo às empresas interagir com os seus clientes e

13/06/2024

A aquisição de leads desempenha um papel crucial no crescimento e na sustentabilidade de uma empresa. Mas o que é

12/06/2024

Técnicas de vendas ? É como uma caixa de ferramentas cheia de estratégias e métodos para convencer os clientes a

10/06/2024

7 exemplos de mensagens de prospecção bem-sucedidas no LinkedIn

Newsletter

Masterclasses

Dans la piscine

Sucess story