pt
frenesitdeplnlruidja

A que Gafam pertence o LinkedIn?

show table of contents

LinkedIn é propriedade da GAFAM Microsoft. A Microsoft comprou o LinkedIn em 2016 por 26,2 mil milhões de dólares. Esta é a compra mais cara de uma rede social na (curta, mas intensa) história das redes sociais. 😱

O que são GAFAMs?

São as empresas mais poderosas do mundo. Aquelas que estão a comprar novas entradas como engolir uma sopa que está prestes a ficar fria.

Space

(Ilustração de citéco).

  • Google.
  • Amazonas.
  • Facebook (agora: Meta).
  • Maçã.
  • Microsoft.

Porque é que os GAFAMs são tão poderosos?

Porque têm uma grande (demasiada) quota de mercado. O nosso amigo Google está no topo da lista com 92,3% do seu mercado, e é um círculo virtuoso =

Quanto mais o motor de busca é utilizado, mais é alimentado, mais ganha valor, e portanto mais ganha vantagem sobre os seus concorrentes.

Podemos ver (naquele belo gráfico) que a Apple está a perder um pouco de notoriedade. O mercado telefónico é muito difícil de competir, especialmente porque a Apple está num alvo específico e não faz realmente um baixo custo.

(Desculpe antecipadamente, estou a testar uma nova ferramenta gráfica minimalista e acho que não sei como fazer círculos)

Ps: A quota de mercado do Facebook não se encontra em lado nenhum. 🤷

Vamos ampliar os detalhes destes sucessos. 👇👀

Google

Image illustrative de l’article Google

A Google possui 219 empresas, em 2019 está a adicionar várias cordas ao seu arco:

  • Superpod = Software de perguntas e respostas.
  • Alooma = Migração de bases de dados para a nuvem.
  • Nightcorn = Partilha de vídeo.
  • Looker = Looker.
  • Fóssil = Relógio ligado.

Amazônia

logo de Amazon

A Amazon é proprietária da Amazon. O que já é enorme, dada a supremacia do seu império. + 38 outras empresas. (Porque também não se deve deixar ir.) Algumas das mais conhecidas são:

  • Alexa = Assistente de áudio.
  • Audível = Áudio livros.
  • Twitch = Plataforma de streaming.

Meta (anteriormente Facebook)

Sim O Facebook mudou o seu nome em Outubro de 2021, apesar de ainda ninguém lhe chamar Meta. O Facebook decidiu investir apenas em sites de redes sociais. De facto, comprou a Instagram em 2012 por apenas mil milhões de dólares. É apenas um dos investimentos mais incríveis da história. 😱

O valor do instagrama 100 mil milhões de dólares seria agora de 100 mil milhões de dólares.

🏴☠️ Na sua arca do tesouro, a rede também tem :

  • Mensageiro.
  • WhatsApp.
  • Instagram.
  • Libra.
  • FriendFeed.
  • Gowalla.

Maçã

logo de Apple

A Apple é uma daquelas empresas que possuem toneladas de empresas e as recolhem em pás. Hoje, o gigante tem 107 no seu saco. As suas últimas descobertas (2020/2021):

  • Camerai e Espaços = realidade aumentada.
  • Vilynx e Curious AI = inteligência artificial.
  • Primephonic = transmissão de música.

Mais tecnologia, apenas para ser original. 😂

Microsoft

              logo de Microsoft

              A Microsoft vem em segundo lugar. São 211 empresas a seu favor. A sua maior aquisição foi a LinkedIn, que lhe custou um roubo (expressão de Marselha difícil de traduzir noutra região = foi caro) As 4 maiores aquisições da Microsoft são :

              • LinkedIn em 2016 = a melhor rede social B2b.
              • GitHub em 2018 = alojamento web.
              • Nokia em 2013 = telemóveis.
              • aQantive em 2007= web marketing (propriedade do grupo Atlas).

              Porque é que a Microsoft comprou o LinkedIn?

              Então, a Microsoft não hesitou em deixar cair uma grande factura para adquirir o gigante dos meios de comunicação social LinkedIn. É como comprar o Boardwalk no Monopólio. Sabe que vai prejudicar a sua conta bancária, mas assim que alguém tropeçar nela, vai triplicar o seu ROI (retorno do investimento). Mas então porquê?

              (Ilustração de PiWEEFR)

              Porque o LinkedIn é um investimento muito bom. É a maior comunicação social profissional, e também uma das plataformas de recuperação de dados mais monetizáveis. 💰 O LinkedIn tem o monopólio. É a única rede profissional global com milhões de utilizadores activos diários. E hoje, o que mais custa são os nossos dados (dados de venda), que já vinham antes do petróleo em 2019. No seu artigo, a Forbes anuncia:

              Os dados são o novo petróleo – e isso é uma boa coisa

              E o LinkedIn já descobriu tudo. Para mim, é a rede mais inteligente de todas. Vende dados altamente qualificados* a profissionais.

              * Ou seja, todos nós preenchemos o nosso perfil meticulosamente para impulsionar a nossa E-reputação.

              Estes dados que nós meticulosamente preenchemos são utilizados (entre outras coisas) para realizar publicidade LinkedIn direccionada por anunciantes.

              • O utilizador ganha visibilidade, desenvolve parcerias, encontra perspectivas.
              • O anunciante vende os seus produtos e serviços através de anúncios e marketing de conteúdos.

              Assim = quanto mais utilizadores houver, mais dados há para vender (lógico). E = quanto mais dados houver, mais anunciantes (e portanto compradores) haverá.

              💫 Círculo virtuoso 💫

              Assim, o objectivo do LinkedIn é aumentar sempre o número de subscritores e o seu envolvimento. Saiba mais sobre como o LinkedIn ganha dinheiro. 👀

              Porque é que a Microsoft escolheu o LinkedIn?

              Então a Microsoft é proprietária da Skype e do LinkedIn, mas quer expandir os seus investimentos em tecnologia. (bem, eles não são suficientemente ricos e poderosos como são, isso é certo 😂).

              O grupo Microsoft Redmond tem um grande interesse nas redes sociais. De facto, o grupo expressou repetidamente a sua ambição de comprar uma grande plataforma de redes sociais como :

              • Pinterest, por uma compra de 51 mil milhões de dólares, (nada mau).
              • TikTok, sem ter feito quaisquer anúncios oficiais sobre um preço. 🤫

              O objectivo? Tobecome, o líder das empresas digitais.

              Como é que o LinkedIn continua a ser o líder?

              Como dissemos, o LinkedIn é o melhor cartão do Monopólio. Há algumas empresas como a Viadeo que tiveram a ambição de ultrapassar a rede, mas sem sucesso.

              Últimos dados (Janeiro de 2022) = foram vendidos serachs selvagens em torno do LinkedIn e Vídeo nos últimos 12 meses*

              O LinkedIn continua a ser um líder de várias maneiras:

              • A transformação digital, muitos países começaram a ter acesso à Internet a toda a hora e a popularidade do LinkedIn no local de trabalho aumentou dez vezes. É uma rede “obrigatória” para desenvolver a sua carreira.
              • A sua evolução constante, seguindo a tendência digital: O LinkedIn tem desenvolvido artigos, webinars, podcasts…
              • O seu algoritmo que escolhe que conteúdo é mais envolvente de acordo com o utilizador (experiência personalizada) que lhe permite permanecer envolvido na rede.
              • O seu posicionamento como meio de comunicação digital. Actualmente, 89% dos decisores pensam que o LinkedIn é uma fonte fiável de notícias empresariais.
              • O seu enfoque nos recursos humanos. O LinkedIn vê-se a si próprio como um “facilitador de carreira”, desenvolvendo um espaço intuitivo de “procura de emprego” e um verdadeiro mercado de trabalho.
              • O seu modelo de negócio baseado em anúncios + ofertas premium, tudo alinhado com os valores e posição de mercado da rede.

              Não perca mais as oportunidades profissionais. Não perca mais a carreira dos seus sonhos. Use o LinkedIn.

              O LinkedIn tornou-se a maior rede social profissional do mundo

              Somos animais sociais, gostamos de comunicar, e nunca deixamos de o fazer.

              • O LinkedIn é o meio de comunicação social mais popular para B2b.
              • A ascensão dos meios de comunicação social como tem sido incrível nos últimos 5 anos.
              • O número de utilizadores explodiu. (Estou bastante orgulhoso desse gráfico). Foi dito anteriormente, e estou a repetir-me (mas vocês adoram-no) :

              A Microsoft comprou o LinkedIn em 2016 por 26 mil milhões de dólares, nessa altura tinha 433 milhões de utilizadores. Portanto, se fizer as contas, isso é pouco menos de 60 dólares por utilizador. Isso significa que se tivesse o LinkedIn em 2016, eles já lhe tinham posto uma nota de 60 dólares na cabeça. Agora, a rede tem números de arrepiar a mente no relógio:

              • 790 milhões de utilizadores em todo o mundo (Janeiro de 2022).
              • As receitas do LinkedIn aumentaram em 928 milhões de dólares. Isto é +16% entre o primeiro e o segundo trimestre de 2021.
              • Utilizadores monstly activos: 303 milhões em 2021
              • Os lucros da plataforma são superiores a 10 mil milhões de dólares.

              Onde obtive estes dados? Leia o comunicado de imprensa da Microsoft.

              Como pode tirar partido do LinkedIn?

              Há várias formas de alavancar a rede. E afinal de contas, porque não? O LinkedIn faz dinheiro consigo todos os dias, por isso também deve encontrar nele algum benefício relevante, certo? E há muitos benefícios a obter.

              Dependerão das suas estratégias para domar a rede.

              Marketing de entrada no LinkedIn

              Uma estratégia de marketing* de entrada. O objectivo é trazer um potencial cliente que não o conhece ou que não o conhece muito bem, para se tornar um cliente oferecendo-lhe conteúdos de qualidade. *Tradução = inbound marketing

              • Publicar e estar activo em redes sociais seleccionadas.
              • Organizar webinars, conferências, podcasts…
              • Partilhar um livro branco ou um boletim informativo.
              • Escrever artigos muito fixes como este. (Descarregue Waalaxy, é gratuito.) E trabalhe nas suas competências em SEO e blogues.

              🔥 Aceder gratuitamente ao Guia completo de Marketing Inbound no LinkedIn. 🔥

              Gestão Comunitária

              A comunicação digital e a gestão das redes sociais fazem parte do marketing de entrada.

              Algumas pessoas são especializadas em gestão comunitária e gerem várias plataformas de redes sociais ao mesmo tempo.

              O seu objectivo é criar uma estratégia de marketing de redes sociais

              para construir conversões mais elevadas para a empresa.
              Para isso, utilizam frequentemente ferramentas para planear postos e aumentar a sua visibilidade para o seu público-alvo, como Podawaa , por exemplo. O LinkedIn é a rede mais eficiente para criar uma comunidade e conseguir seguidores no B2b. Porquê privar-se de dicas chave?

              🔥 Ter acesso gratuito ao Guia Completo de Estratégia de Conteúdo no LinkedIn. 🔥

              Prospecção com o LinkedIn

              O LinkedIn é uma incrível mina de ouro para a prospecção. A melhor parte? É que não tem absolutamente de usar a publicidade nos meios de comunicação do LinkedIn ou a versão de mensagens automáticas pagas oferecida pelo LinkedIn. Não, pode utilizar uma ferramenta de automatização totalmente gratuita do LinkedIn. 🥳

              • Envie centenas de mensagens a potenciais clientes qualificados.
              • Crie campanhas divertidas e fáceis de usar.
              • Seja acompanhado por uma conversa humana de peritos digitais.
              • Acompanhe os seus resultados.
              • Use a versão freemium. (gratuito=livre, para real, não como nos anúncios falsos).

              🔥 Utilizar o Walaaxy, a ferramenta automatizada gratuita de prospecção LinkedIn. 🔥

              Recrutamento no LinkedIn

              Há mais de 20 milhões de empregos abertos por dia no LinkedIn Jobs, e os utilizadores mais activos são recrutadores ou comerciantes.

              O LinkedIn tornou-se um lugar essencial para o recrutamento e a caça de talentos. A rede torna possível identificar rapidamente os candidatos a emprego graças à função de alerta do seu perfil, mas também encontrar candidatos a caçar furtivamente. Algo que é feito cada vez mais desde a abundância de necessidades em certas áreas de nicho, tais como os sectores tecnológicos (engenheiros, programadores). 😈

              O que é óptimo na rede é que para além de poder publicar facilmente as suas ofertas, tem acesso a todos os perfis das pessoas que se candidatam e pode descobrir muito mais informações sobre os candidatos. (O que eles publicam, que empresas seguem).

              🔥 Aceder ao Guia gratuito: como utilizar o Recruiter Lite com a ferramenta gratuita Waalaxy. 🔥

              Pesquisa de emprego no LinkedIn

              42 milhões de pessoas (em todo o mundo) usam o LinkedIn para procurar um emprego todas as semanas. Ok, são bastantes pessoas, o que prova duas coisas:

              • Funciona. (Encontrei todos os meus estágios e trabalhos através do LinkedIn e agora a minha vida é óptima).
              • A competição é dura. (Este não é apenas o caso no LinkedIn).

              Vai ter de se esforçar mais para encontrar a empresa certa, e vai ter de lhes dizer que também precisam de si. Acho que já sabe que se não personalizar o seu currículo e carta de apresentação, não irá muito longe. Agora, para se destacar na selva do LinkedIn, há três passos a seguir:

              Faça brilhar o seu arranque

              Quer esteja na Fintech ou a vender produtos para cães, se estiver a lançar o seu negócio, vai precisar de visibilidade, parcerias, e certamente investidores. O Webmarketing e a utilização de redes vai ser a sua primeira arma. 😈

              A utilização do LinkedIn pode ser completamente gratuita. Utiliza o feed (feed de notícias) para publicar regularmente e utiliza uma ferramenta gratuita como o Waalaxy para lançar as suas primeiras campanhas. Ganha credibilidade e ganha os seus primeiros clientes.

              Sem gastar nada.

              É quase bom demais para ser verdade.

              E como bónus, há um guia para o ajudar a começar. 🎁

              🔥 Aceda gratuitamente ao Guia Completo: como utilizar o LinkedIn para o seu negócio . 🔥

              Começar como um freelancer

              O número de freelancers continua a crescer. (Assim como a taxa de pessoas insatisfeitas com os freelancers). 😂

              76% estão mais preocupados do que antes. Mas não é essa a questão. 🤓

              O maior boom começou no final de 2019 no início de 2020, com o início do Covid misturado com a necessidade de desenvolvimento pessoal que atinge a nossa sociedade moderna como a chuva cai sobre a Bretanha.

              Agora o LinkedIn está cheio de freelancers que lutam pelos mesmos clientes. Porquê?

              Porque é o melhor lugar para encontrar os seus primeiros clientes e iniciar o seu negócio. Todas as empresas à procura de freelancers procuram lá.

              Se não quiser ser a criança no meio do campo quando jogamos dodgeball, recomendo vivamente que inclua o LinkedIn na sua estratégia de marketing.

              • Desenvolva a sua imagem e o conhecimento da sua marca.
              • Encontre os seus potenciais clientes, contacte-os, faça-os clientes.
              • Seja activo nas redes sociais e expanda a sua rede.

              🔥 Ter acesso livre ao Guia Completo: começar como Freelancer. 🔥

              Conclusão do artigo sobre o LinkedIn e GAFAMs

              O LinkedIn faz parte da Microsoft desde 2016. Os GAFAMs fazem parte:

              • Google.
              • Amazon.
              • Facebook (agora: Meta).
              • Apple.
              • Microsoft.

              Artigo FAQ

              Porque é que o LinkedIn é um dos GAFAMs?

              O LinkedIn foi adquirido pela Microsoft em 2016 por +$26 milhões.

              A Microsoft tem ambições de expandir a sua influência através da compra e utilização de plataformas de social media. O grupo manifestou interesse na Pinterest e na TikTok. 😱

              Porque são os GAFAMs tão importantes?

              De acordo com lebigdata:

              Os GAFAM têm vários biliões de utilizadores e uma capitalização de mercado de mais de quatro triliões de dólares.

              Possuem e influenciam a maioria dos meios de comunicação social e, por conseguinte, têm um impacto real nas escolhas de vida dos utilizadores da Internet. Podem colocar certos tipos de conteúdos ou produtos.

              Têm também a vantagem sobre o mercado e podem impor as suas condições.

              Também investem em ferramentas de ponta e compram redes sociais, streaming, inteligência artificial e empresas de Big Tech para desenvolverem os seus impérios ao longo do tempo. Obrigado pela leitura e até breve para mais artigos sobre o LinkedIn e a Gafams. 💖

              5/5 (250 votes)
              Recomendamos-lhe 👇

              Convert more leads into clients with these 7 secret B2B prospecting messages 🚀

              Enter your first name and email address  to receive the 11 page digital book now:

              Where do we have to send it now?