pt
frenesitdeplnlruidjp

LinkedIn Community Manager : Ferramentas e técnicas para construir rapidamente uma comunidade

Sommaire

close table of contents
    show table of contents

    Ser um community manager LinkedIn pode rapidamente tornar-se uma dor de cabeça. Tem de saber para quem escrever, o que escrever, como escrevê-lo.

    Já para não falar da audiência, que depois tem de manter, nutrir e transformar em clientes satisfeitos. Por isso, vamos analisar em conjunto 11 passos para atingir todos os seus objectivos e ter sucesso na sua conversão. 🚀

    O que é a Community manager LinkedIn ?

    O trabalho do community manager é muito variado, combina um domínio de ferramentas, copywriting, estratégia de marketing e boa análise de números.

    Muitas vezes, é-lhe também pedido que tenha um chapéu de “design” e que crie visuais e infográficos, até vídeos para os seus posts. Por vezes, ele é também a “imagem da marca” e produz podcasts e webinars.

    multitasking GIF

    Em suma, podemos separar o seu trabalho em 11 áreas principais. A montante :

    • #1 Conheça o seu negócio.
    • #2 Conhecer o seu alvo em cada rede.
    • #3 Saiba como fazer, verifique o que os concorrentes estão a fazer.
    • #4 Conhecer a rede social LinkedIn como a palma da sua mão. (O mesmo se aplica a cada rede utilizada).
    • #5 Saiba como utilizar as ferramentas certas.

    Durante:

    • #6 Planear e ser regular.
    • #7 Ter capacidade de marketing de conteúdo e de redacção de textos.
    • #8 Saber criar vários formatos de conteúdo.
    • #9 Saber como gerir o compromisso.

    Depois das publicações:

    • #10 Saber como transformar o seu público em perspectivas quentes e depois em clientes.
    • #11 Saber como analisar R.O.I. e desempenho.

    Qual é o papel do community manager ?

    O papel do gestor da comunidade é criar, crescer e federar uma comunidade em torno da marca para a qual ele trabalha.

    Para o fazer com sucesso no LinkedIn, deve ser capaz de satisfazer certos pré-requisitos.

    #1 Conheça a sua empresa

    Isto pode parecer totalmente foleiro, mas é apenas a base de qualquer bom gestor comunitário. Quanto mais contexto tiver sobre a sua empresa, mais pode brincar com os contos da empresa. Escreva esta informação em três categorias num documento do Google. Fatos e História:

    • Como foi criada a empresa?
    • Qual foi a evolução? Períodos de dúvida? Mudanças na localização? Mudanças na gestão?
    • Quais foram os principais pivots? Mudanças de produtos? Mudanças de estratégia? O que é que a empresa ganhou com elas?

    Produtos e serviços:

    • Quantos produtos e serviços são vendidos? A que preço? Porquê estes preços? Os preços mudaram? Por que razão mudaram?
    • Que características e opções são vendidas?

    Valores e conceito:

    • Que valores transporta a empresa? Quais são os valores que pretende apresentar? (por vezes existe uma lacuna entre os dois, que terá de ser trabalhada para restabelecer a imagem de marca escolhida).
    • Qual é o conceito do produto?

    #2 Conheça o seu alvo no LinkedIn

    Aqui, estamos a falar do LinkedIn, mas sejamos claros, precisa de saber as nuances entre os seus alvos em cada rede social. O público não é o mesmo no LinkedIn e no Facebook. A sua forma de falar com eles também não será a mesma.

    💡 Super-importante:

    Proponha a sua personalidade com base na rede social em que está a trabalhar. Desenvolva uma estratégia por rede ✅ e não uma estratégia global de redes sociais que será depois implementada em todas as redes sociais. ✖

    #3 Saiba o que o seu concorrente está a fazer

    Fazer inteligência competitiva significa ir ver o que os seus 10 principais concorrentes estão a fazer, em termos de produtos e em termos de comunicação.

    O que é interessante sobre a posição de community manager do LinkedIn é que não vai apenas escrever conteúdos para aumentar a consciência da marca, vai também ver o que os outros estão a fazer, o que estão a colocar lá fora, se está a funcionar ou não.

    O seu primeiro teste. É o teste que os outros estão a fazer.

    Copie o que funciona (à sua própria maneira, claro) e deixe de fora o que não funciona. Em breve o verão de qualquer maneira. Em breve o verá de qualquer forma 😉 Para isto:

    • Subscreva os seus 10 principais concorrentes,
    • Comente as suas mensagens para que o algoritmo theLinkedIn lhe mostre mais regularmente,
    • Pegue nos tópicos que funcionam para os remodelar e coloque-os no correio,
    • Obtenha os contactos das pessoas que comentam as suas mensagens para as contactar por sua vez 😱 -> método!

    Community manager LinkedIn : Os códigos da rede social

    A comunicação no LinkedIn tem os seus próprios códigos. É uma rede social B2b com milhões de membros, com :

    • Tomadores de decisão de empresas de todas as dimensões.
    • Pessoas de RH que procuram contratar os melhores talentos.
    • Empresários por conta própria e freelancers à procura de clientes na rede.
    • Gestores comunitários e comerciantes que queiram desenvolver a marca da empresa no LinkedIn.

    Mesmo que o LinkedIn se torne o novo Facebook, não o encorajo a seguir o caminho arriscado do buzz por causa do buzz.

    Não está na rede para fazer pontos de vista, está na rede para aumentar a visibilidade de uma marca em torno de um público-alvo específico. A sua linha de orientação é bastante simples:

    • Mantenha-o profissional = sem insultos, sem imagens do seu cão. (Mostra quando tenta obter vistas a todo o custo, e é feio).
    • Dê valor ao seu público. É assim que provará que é credível.

    #4 Conheça a rede social LinkedIn como a palma da sua mão

    O LinkedIn funciona com um algoritmo particular. A rede tenta certificar-se de que cada utilizador está a bordo: liga-se com as pessoas certas, interessa-se pelas suas notícias e envolve-se nos posts. Porquê? Porque é assim que o LinkedIn ganha dinheiro!

    Quanto mais um utilizador estiver presente e activo na rede, mais verá anúncios ou será levado a utilizar uma versão paga do prémio do LinkedIn.

    Compreender como o LinkedIn ganha dinheiro é compreender como se pode ganhar dinheiro no LinkedIn.

    Da mesma forma, sem saber como funciona o algoritmo do LinkedIn, não tem ideia de como o LinkedIn “facilitará” a visibilidade do seu post. Para saber como o LInkedIn funciona, leia:

    • O Guia dos Anúncios do LinkedIn. Aqui.
    • O algoritmo do LinkedIn. Aqui.
    • Como o LinkedIn ganha dinheiro. Aqui mesmo.

    Estratégia de comunicação no LinkedIn: passos para começar?

    Para começar com a sua estratégia de comunicação no LinkedIn, terá de dar ao seu perfil no LinkedIn um brilho. Como nos apercebemos após vários testes, é mais eficaz ter uma estratégia com a sua conta no LinkedIn do que com a página da empresa. O que é que isto significa?

    Community manager LinkedIn – Ter um perfil optimizado do LinkedIn

    Isto significa que o seu perfil deve ser fresco e dinâmico, porque é a montra da sua comunicação e, portanto, da sua marca, ou da marca para a qual trabalha.

    💡 Encarnar sempre a marca como um membro da equipa, não como um forasteiro que recebe a sua comissão no final do mês.

    Aqui estão 3 exemplos de perfis optimizados: Perfeito se for especializado na criação de conteúdos. -> Ver o perfil de Thibault. Ideal se for orientado para a consulta ou se tiver uma prospecção de duplo tampão. -> Veja o seu perfil completo. É um freelancer de gestão comunitária e quer desenvolver a sua rede? Inspire-se na estratégia de https://blog.waalaxy.com/wp-content/uploads/2021/09/Visuel-Article-Blog-69-1.webp.

    Agora, para ir mais longe na optimização do seu perfil de acordo com o seu alvo e a sua marca, tem acesso ao grande guia aqui mesmo de forma gratuita. 👇 -> Como optimizar o meu perfil passo a passo (Gestor comunitário). 🔥

    #5 Saiba como utilizar as ferramentas correctas das redes sociais

    Ao utilizar as ferramentas certas, refiro-me àquelas que não me custam uma fortuna e me permitem trabalhar em boas condições (planeamento, análise dos resultados). Neste artigo, encontrará as 6 melhores ferramentas de automação do LinkedIn, nas quais encontrará, entre outras:

    • Hootsuite.

    calendrier <strong>Hootsuite</strong>

    • Podawaa.

    • Waalaxy.

    DASHBOARD-V1-1-1

    Dicas 💡 Faça a sua própria investigação para encontrar as ferramentas que melhor se adequam à sua estratégia. Waalaxy irá ajudá-lo a converter o seu público, enquanto Podawaa irá aumentar a visibilidade dos seus posts no LinkedIn.

    A sua estratégia define que ferramentas irá utilizar, e não o contrário. 🤓

    Defina a sua estratégia de comunicação no LinkedIn

    A fim de definir uma estratégia de comunicação, vai precisar de: saber quais são os objectivos da sua empresa, com quem está a falar, com que frequência, com que mensagem, e como federar os seus seguidores.

    Vamos começar?

    Star Trek Reaction GIF by MOODMAN

    Que estratégia LinkedIn para a sua empresa?

    Antes mesmo de escrever o seu primeiro post no seu teclado, precisa de esclarecer algumas coisas. Quais são os seus objectivos em termos de marketing digital?

    • Gerar mais clientes?
    • Aumentar o conhecimento da marca?
    • Mostrar as suas ferramentas, serviços, produtos?
    • Construir uma forte comunidade, presença social e desenvolver um sentido de pertença?

    O tom e a mensagem serão diferentes. Em qualquer caso, é fortemente aconselhado NÃO se autopromotivar e tentar escrever mensagens de venda directa. É mau para a sua imagem de marca. ❌

    Muito bem, então o que escrevemos com base no nosso objectivo? Continue a ler. 🤓

    #6 Programar e ser consistente

    A mensagem está morta, 3 mensagens por dia, a fim de criar uma audiência sólida para si próprio. A fim de o ajudar a ser regular, temos uma técnica que implementamos em Waalaxy.

    • ✍ Escreve os seus primeiros 6 posts de uma só vez.
    • 🍲 Deixa-o ferver em lume brando durante 24 horas.
    • 👀 Lê novamente os seus posts e remove todas as coisas estranhas.
    • ❓ Certifica-se de que há uma ou mais perguntas em aberto. Lembre-se, o que procura é empenho da sua comunidade.
    • 🚀 Tem sempre pelo menos 3 mensagens antes do tempo. Não há nada pior do que escrever um post “rápido e sujo” porque tem de publicar.
    • ⏲ Planeia todos os seus posts.

    Para marcar as suas mensagens pode usar Hootsuite, Podawaa (especializado no LinkedIn) ou outra ferramenta da sua escolha.

    Publicar no LinkedIn: sim, mas como?

    Já respondemos às perguntas “a quem me dirijo” e “porquê publicar? Agora temos de responder a:

    O que é que quero levar ao meu público?

    Aqui estão alguns exemplos,

      • Despertar e educar em torno de um tema.
      • Para levar conselhos aos principiantes do sector.
      • Dar ferramentas para ajudar os profissionais que estão no meu alvo
      • Criar uma comunidade de ajuda mútua em torno de um assunto.

      Identificará então os temas de que quer falar e seleccionará 3 deles, desde os mais amplos aos mais precisos. Por exemplo, é gestor comunitário de uma empresa de design de interiores b2b.

      • Tema geral (1 posto por semana): Beleza, arquitectura, design de interiores. (Para que todos se possam relacionar com ele, usarão muitas imagens).

      (Imagem: arch.design)

      • Tema médio (1 posto por semana): Os benefícios de um ambiente de trabalho saudável. Aí se faz a ponte entre o grande público e o público-alvo

      .

      Amostra de tópico póstuma: 3 grandes benefícios para um espaço de trabalho bem pensado,

        • Implantação da marca do empregador.
        • Reuniões cara-a-cara optimizadas
        • Sedução do cliente
      • Tema alvo (1 posto por semana): Aqui, só fala com o seu alvo. No nosso caso, são os decisores B2b. Terá um público mais pequeno, mas já serão líderes qualificados

      .

      Exemplo de um tópico:

        • Quanto custa o financiamento de uma remodelação de um escritório?
        • Como se transforma uma despesa interna num investimento a longo prazo?
        • Como garantir que toma a decisão correcta de concepção?
        • Novas instalações: Como imaginar o espaço de forma inteligente?

      Quando publicar no LinkedIn?

      Os peritos do LinkedIn dir-lhe-ão às terças e quintas-feiras, eu diria, depende do seu alvo, não há regras. Contudo, o que vos convido a fazer é um teste A/B. Colocam 3 vezes por semana, mudam uma variável de cada vez:

      • Terça-Quinta-Sexta-Feira, durante 2 semanas.
      • Segunda-Quinta-Quinta-Sexta-Feira mais de 2 semanas.

      E assim por diante, uma vez feitas todas as combinações, pega-se nas 2 melhores, e volta-se a testá-las ao longo de 2 semanas cada uma, somam-se as pontuações, e encontra-se a combinação vencedora. 🥇

      Faça o Buzz no LinkedIn

      Obter o burburinho no LinkedIn pode ser bastante simples, uma vez construída a sua audiência. Não vos digo nada de novo dizendo que as más notícias e o zumbido funcionam melhor.

      No entanto, convido-o a ter cuidado com a sua imagem, fazer o burburinho não é necessariamente ganhar toneladas de novos clientes, e muito menos na Btob. Se o seu objectivo é tornar-se um influenciador, convido-o a ver quem está a fazer o zumbido e o que estão a publicar,

      com 3,825,124 visualizações nos seus posts no LinkedIn. -> Tema principal: empreendedorismo.

      com 2.048.563 vistas sobre o seu posto. -> Tema principal: recursos humanos.

      com 1.753.863 vistas totais. -> Tópico principal: rants e anedotas.

      com 1.699.208 visualizações sobre a rede. -> Tema principal : Google e SEO.

      com 1.535.968 vistas, nada menos! -> Tema principal : Apoio ao Cliente.

      LinkedIn Pulse

      Existem outros formatos a publicar no LinkedIn, tais como artigos do LinkedIn Pulse. Tentei entrar nele e, honestamente, é complicado. Os utilizadores do LinkedIn estão habituados ao formato curto.

      Se quiser escrever artigos, é melhor iniciar um boletim informativo LinkedIn Pulse e publicar semanalmente para construir uma audiência. A única regra é a regularidade.
      (Não faça como eu, que desisti depois de 3 artigos 😂)

      Começar com o boletim informativo do LinkedIn tem várias vantagens importantes:

        • É super fácil de começar -> Tutorial

      .

      • É totalmente gratuito.
      • Sabe muito sobre os seus assinantes (uma vez que tem acesso ao seu perfil no LinkedIn).

      e escrever-lhes directamente no LinkedIn ou por correio electrónico.

      Trabalhe na sua redação

      Identificámos o alvo, a mensagem, o tipo de conteúdo

      , a frequência… Mas ainda não falámos sobre a redacção da mensagem. Portanto, esta é a 3ª e última parte importante deste artigo.

      coffee typing GIF

      #7 Ter conhecimentos de marketing e redação de conteúdos

      “Ter capacidades de redacção” são normalmente palavras assustadoras numa publicação de emprego. É bastante complicado saber se se pode escrever bem, sem tentar ser Edgar Allan Poe.

      No entanto, não é essa ciência dos foguetes. 🧙

      Basta conhecer as noções básicas de copywrting e confiar em si próprio. Neste guia de copywriting, recomendo, entre outras coisas, alguns livros que me têm ajudado muito a encontrar a minha escrita.

      • 🥇 Roubar como um artista, Austin Kleon. > Criatividade.
      • 🥈 Big Magic, Elisabeth Gilbert. > Criatividade.
      • 🥉Copywriting Secrets, Jim Edwards. > Techniques.

      Evidentemente, a lista não é exaustiva. O que eu aconselharia a fazer é ir escrever aos seus redactores favoritos no LinkedIn e perguntar-lhes o que leram e que Newsletters subscreveram.

      Adapte a sua comunicação ao seu público

      Não há nada mais difícil do que ter uma audiência que tem códigos muito diferentes dos nossos. Não sei se seria capaz de escrever aos contabilistas do CAC 404.

      Eu não tenho os códigos. Portanto, teria de fazer muita pesquisa, e entrar na pele de outro personagem 👔.

      Há mil e uma maneiras de falar de um produto, mudando o seu ângulo.

      Para o fazer, é necessário definir um público alvo. Caso contrário, perder-se-á na transmissão da mensagem. Se o seu público está baseado em decisores B2b, então o seu tema alvo deve dizer-lhes directamente respeito. É assim que também reconhece um bom redactor. 😉

      LinkedIn ao vivo

      O LinkedIn tem uma multiplicidade de recursos a oferecer. A rede tem a ambição de estar no Media B2b, e, meu Deus, está a sair-se muito bem. Assim, o LinkedIn está a desenvolver vários formatos de conteúdo, o evento, a secção, os artigos, o boletim informativo, o webinar e agora o áudio.

      #8 Saber como criar vários formatos de conteúdo

      Aqui estão os tipos de conteúdos que podem ser encontrados no LinkedIn:

        • Evento LinkedIn

      .

      • Pulsação do LinkedIn.
      • Webinar do LinkedIn.
      • Áudio do LinkedIn.

      Webinar no LinkedIn

      O vídeo tornou-se o meio de comunicação mais eficaz para as marcas.

      Em 2019, os vídeos já representavam 80% de todo o tráfego da Internet.

      Faz sentido quando se pensa nisso, pode-se espremer muito mais palavras num minuto de vídeo do que num minuto de leitura, é mais convincente, mais envolvente e mais estimulante para o seu público

      .

      Por isso é natural que o LinkedIn tenha lançado uma versão webinar e uma opção de evento para promover as vossas vidas. Se pretendem embarcar numa estratégia de 360 graus do LinkedIn, então recomendo que comecem pelo LinkedIn Live

      .

      Visuels-pour-blog-LinkedIn-live-1
      Para encontrar participantes para as vossas vidas, podem lançar campanhas no LinkedIn e utilizar os eventos do LinkedIn

      .

      webinar-promouvoir

      LinkedIn Áudio

      OLinkedIn Audio está em desenvolvimento à medida que escrevo isto, a rede está a desenvolver um sistema de podcasting integrado na plataforma. 🙀

      Transformar a sua audiência do LinkedIn em clientes

      O último passo do trabalho do community manager é aquele que muitos esquecem. O community manager LinkedIn está lá para federar e fazer crescer uma audiência, mas também para trazer novos clientes para a empresa através da comunicação digital. E se é um trabalho com múltiplos chapéus, ele também deve saber como mover os seus seguidores para a compra. 💰

      #9 Saber como gerir o compromisso

      A primeira coisa a fazer é não perder o seu público pelo caminho. Tem de se certificar de que as pessoas que comentam e gostam das suas mensagens se sintam ouvidas e valorizadas. É, portanto, muito importante dedicar tempo a responder a todas as pessoas que lhe escrevem. Desta forma, elas vão querer responder-lhe novamente. A melhor prática:

        • 🕒 Responder no prazo de 3 horas após as suas mensagens (é quando o algoritmo do LinkedIn decide se a sua mensagem é relevante ou não).
        • 👍 Gostar ou colocar uma cara sorridente em cada comentário.
        • 🕵️ Vá ao perfil do comentador para comentar o seu último post para aumentar

      a sensação de reciprocidade.

      • 💌 Envie uma mensagem privada aos 3 principais comentadores agradecendo-lhes pela sua relevância (um pequeno impulso do ego sabe sempre bem).
      • 👄 Comente regularmente os posts relevantes no seu feed de notícias

      para a rede.

        #10 Saiba como transformar o seu público em pistas quentes e depois em clientes

        Como conseguir que toda a sua audiência os envie gratuitamente mensagens automáticas do LinkedIn e campanhas de marketing?

        Como é que se consegue que os seus e-mails escrevam campanhas de correio electrónico frio que se convertam?

        Como é que se leva essa audiência e se a coloca num CRM que faz o trabalho por si?

        Waalaxy é a ferramenta de marketing mais eficiente, e pode utilizar a oferta freemium por $0 !

        Waalaxy = L&#39;outil parfait pour prospecter sur LinkedIn + Email. ✨

        #11 Saber como analisar o ROI e o desempenho

        Como se sabe se está cada vez melhor se não se mantém um primeiro actualizado? Para isso, tem várias opções:

        • Ferramentas de agendamento como Podawaa dizem-lhe quantos pontos de vista está a receber por correio.

        • MRCs integrados

        como Waalaxy registam quantas pessoas responderam aos seus posts e quantas pessoas do seu público

        convertido em chumbo e/ou cliente.

        • Pode ter o seu próprio documento Excel onde regista o seu desempenho e ligar o seu post a ele de cada vez. Se estiver a fazer testes A/B, isto pode ser óptimo para isolar certos testes.

        Conclusão do artigo – Community manager LinkedIn

        Agora já sabe quais são as 11 dicas para ser um bem sucedido community manager do LinkedIn

        . Desejo-lhe o melhor na sua tarefa, sinta-se à vontade para partilhar connosco os seus sucessos na rede. 😘

        FAQ do artigo – Community manager LinkedIn

        Em que dias deve publicar no LinkedIn?

        Na minha opinião, não há melhor dia para postar na rede. Tudo dependerá do seu alvo. No entanto, o mounirdigital

        dá alguns conselhos básicos de acordo com o seu estudo:

        Quand publier sur LinkedIn - Oberlo - Mounir Digital

        Quais são os melhores formatos no LinkedIn?

        Em 2022, os formatos de inquérito começam a cair à margem do caminho. Têm sido excessivamente utilizados. Devem ser utilizados com parcimónia de vez em quando. Carrosséis, GIFs, vídeos HD, textos curtos são os formatos mais interessantes. Cabe a si ver qual é o seu formato favorito e porquê.

        Pauline, por exemplo, que trabalha em design, só usa carrosséis.

        Se trabalha para uma empresa de redação, vai querer usar palavras. Adapte o seu formato ao produto ou negócio que está a retratar.

        Ok, então, pronto para ser um community manager LinkedIn ?

        5/5 (250 votes)
        Recomendamos-lhe 👇

        Convert more leads into clients with these 7 secret B2B prospecting messages 🚀

        Enter your first name and email address  to receive the 11 page digital book now:

        Where do we have to send it now?